quarta-feira, 24 de junho de 2015

Jogo parado e jogadores motivados



É chover no molhado falar como quanto mais velho um grupo se torna mais difícil é unir todo mundo, principalmente para jogar RPG e ainda mais quando se é uma campanha. Afinal, da até para organizar um jogo rápido, agora narrar toda semana? Quase impossível!

Ainda assim amamos RPG e estar com nossos amigos, por isso continuaremos tentando mesmo que a "campanha semanal" ocorra uma vez por mês graças aos infinitos imprevistos e compromissos e problemas e tudo mais que possa ocorrer.

O problema é que esse tipo de lapso entre jogos quebra o ritmo e motivação. A memória mudará e omitirá momentos do jogo, material será perdido, jogadores ficarão distraídos, vão querer mudar de personagem, sair para outras atividades ou irritar-se pela suposta falta de responsabilidade de quem não pode participar.

Mas não precisa ser sempre assim.

Existem métodos bastante simples pra prender a atenção dos jogadores fora da mesa, atividades simples que ajudam o grupo a entrarem no clima da próxima partida ou melhorar a história da narrativa e, quem sabe, ganhar os pontos de experiência que faltam pra passar de nível.


JOGO ALÉM DA MESA

Tudo está conectado hoje em dia e você não precisa reunir seus amigos de jogo somente no jogo. Assim que iniciar sua narrativa crie um grupo no Facebook, Whatsapp e qualquer outro que a maioria use voltado diretamente pra narrativa e tente manter assuntos interessantes, novidades sobre rpg e tudo mais que achar legal. Além de aproximar os jogadores o manterão com a mente no jogo até a próxima partida.

Faça concursos e competições voltadas pro seu jogo e premie os vencedores durante a partida. Contos sobre seus personagens, criação de mapas, desenhos de cenas da partida, um diário... Tudo isso é extremamente legal pra manter um histórico vivo da sua mesa e aprofundar os jogadores na história da campanha, além de render ótimos ganchos para o Mestre.

Use a tecnologia ao seu favor, se um jogador precisa faltar, talvez ele possa participar ou ouvir o jogo pelo skype, talvez todos possam jogar online em determinada data, há vários ótimos programas para isso na internet.

SEJA A MEMÓRIA DO GRUPO

Minha experiência como narrador mostra que a maioria dos jogadores se preocupam em lembrar somente o que afeta diretamente seus personagens. Nomes de NPCs, locais, recursos e até eventos de real importância pro andamento da história serão esquecidos em longos períodos de tempo, se o grupo é formado por adultos com familia, emprego e outras responsabilidades isso pode ocorrer até de uma semana pra outra.

Por isso recomendo fortemente que, por mais caricato que soe, faça uma "reprise do capítulo anterior" resumida antes de começar cada jogo e os ambientalize novamente na cena atual, pode ser tanto falado quanto enviando um texto curto para seu grupo via rede sociais. Guarde blocos com nomes de NPCs citados, itens e tudo mais, é esforço extra, mas será recompensador quanto ao tempo útil de jogo.

SAIBA QUANDO PARAR

Se uma cena incrível acaba de acontecer e deixa todo mundo animado e você nota que faltam somente uns 10 ou 20 minutos pra hora que seu jogo normalmente para, talvez seja hora de pará-lo um pouco mais cedo. Forçar o andamento da história até o ultimo minuto possível os fará parar em um momento pouco expressivo, que não os deixarão motivados para a próxima partida ou pior, no meio de um combate.

Poucas coisas são piores que dividir combates, sério.

Pense no fim da sua narrativa como o de um episódio de qualquer série, se você não deixa um gancho interessante pro próximo sua vontade de continuar será imediatamente reduzida, e se você termina com um momento que ficará guardado na mente deles, o grupo automaticamente saberá onde parou, reduzindo a necessidade de recapitular a narrativa no próximo jogo.



Enfim, existem inúmeras formas de se manter o espírito da sua narrativa vivo mesmo fora do jogo, é claro que você não deve forçar alguém a escrever, desenhar ou qualquer outra atitude semelhante caso não queiram ou não possam, mas com certeza é seu dever incentivar os que estiverem propícios, seja com elogios, Experiência, itens... Sabendo motivar sem exagerar verá que seus próximos jogos serão muito mais divertidos e proveitosos.

Até! : )

2 comentários:

  1. Renato, gostei muito do post. Bem escrito e dicas legais. Tentei fazer um pouco disso quando criei o RPGames Brasil. Era para ser apenas um blog de diários de campanha, mas percebi que os jogadores não liam.

    Bem, continuei com o blog. Entretanto acho que os jogadores devem querer participar no jogo alem da mesa. Respondendo as mensagens e dando dicas. Ai a coisa flui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma das minhas motivações iniciais na criação desse blog também era fazer um diário, acabou que não rolou da mesma forma, acho que nem meu grupo lê isso aqui huahuah

      E obrigado pelo post!

      Excluir